O 60 anos das aparições

¿Garabandal ?

Mãe, nosso consolo e esperança.

Aos 60 anos de história, queremos agradecer a sua visita a esta montanha de Judá, San Sebastian de Garabandal (Rionansa - Cantabria - Espanha), em 2-VII-1961, para trazer Jesus Cristo a este lugar e ao mundo, bendito fruto do teu ventre e através dele uma mensagem de amor e conversão. Un bello y provocador suceso, espetacular e enquadrado entre o humano e o divino, o que surgiu atrás 60 anos nas montanhas e aldeias de uma cidade simples, na figura de quatro meninas da aldeia, cujos nomes são Conchita González ( 12 anos ), Mari Cruz González ( 11 anos ), Jacinta Gonzalez (12 anos ) e Mari Loli Mazón ( 12 anos ). Este hecho extraordinario tiene como pórtico la aparición del Arcángel San Miguel el 18 - NÓS - 1961, que os prepara para o epicentro e mistério desse evento, o aparecimento da Virgem do 2 - VII - 1961, sob a invocação de Nossa Senhora do Carmen, cujas aparições duram 5 anos. Esse fato revoluciona o lugar, o município, Espanha e várias partes do mundo. Se calcula una presencia como media anual de casi tres mil peregrinos al año de diferentes partes del mundo y diversos ambientes culturales. La iglesia oficial de la diócesis se moviliza ante tales fenómenos con diferentes equipos de estudio. Durante este tempo, vários bispos passaram pela diocese. El dictámen oficial de la iglesia es “no consta la sobrenaturalidad” de las supuestas apariciones; o "não registro" deixa a porta aberta para diferentes interpretações, que eles não deixem de ser isso, interpretações.

A riqueza de êxtases e aparências cativantes, criptografou-os em um 3000 de acordo com os estudiosos, suscitan impacto e interés en tantas gentes dando lugar a numerosos estudios. Talvez o livro mais simples e claro seja o de P. Pesca: "Ele correu para a montanha". Inúmeros livros foram escritos, brochuras e artigos sobre o assunto, com diferentes propósitos que agora são irrelevantes.

Agora, ao atingir este estágio de 60 anos, a urgência de reviver é imposta, atualizar e apresentar objetivamente a análise de tantos anos e a razão deste tempo: A VIRGEM. Podemos dividir este tiempo en tres apartados:

 

UMA) POSITIVO:

Um acontecimento que revoluciona várias partes do mundo e o testemunho verdadeiro dos moradores da cidade, testemunhas reais de tais eventos a isso acrescentamos os depoimentos de muitos peregrinos que frequentaram o lugar durante essas datas. Los “peregrinos” en su mayoría vienen buscando luz para sua fé, conforto e esperança por suas vidas diante da figura da VIRGEM, reivindicando sua ajuda quando crianças, sua misericórdia e seu refúgio nos momentos mais favoráveis ​​e nesses momentos turbulentos, diríamos neste vale de lágrimas. A chegar, eles descarregam suas "cruzes" diante da Mãe e quando saem, eles as pegam novamente, mas pesam menos ou não o encontram mais. Alguns que vêm por curiosidade levam o olhar amoroso da Virgem. Este é o lindo panorama que pode ser descoberto, às vezes ofuscado por pouco comportamento piedoso ou eclesial. Padre Pio e Paulo VI são mencionados como envolvidos nestes eventos, tudo isso pode ser verificado nos diversos livros e revistas e na internet.

B) NEGATIVO:

Outros que chegaram, dos quais "alguns" se instalaram na cidade, transformando o lugar em um barril de pólvora ou Babel, onde as tendências tradicionalistas se misturam, nós integramos, confrontações graves que ameaçam a comunhão eclesial, luchas de comportamientos ideológicos que alteran la serenidad de la paz del lugar y de la Iglesia, algum pobre diabo que se sente vidente e protagonista de ilusões pessoais e religiosas. Alguns transformaram o manto da Virgem em uma saia para guardar dólares e euros, Outros tentam fazer do dito “manto” diferentes bandeiras de grupos de todos os sistemas, colocando nos lábios da Virgem o que ela nunca diria, porque todo carisma na Igreja está a serviço da comunidade. Se vende, se compra, propriedades são acumuladas para o dia do "milagre". Apartamentos para alugar para lucro sórdido, bolsas e tendas são oferecidas online para o dia do "milagre". Nas redes sociais há youtubes muito desanimadores sobre a questão de Garabandal e bispos e padres excomungados vêm, ralaram pessoas que tumultuam o espaço e se tornaram pregadores viajantes. O "cache Garabandal" é listado e um mafioso sempre aparece. Mas isso é possível porque o diabo está lá onde a Virgem está. Devemos lutar para que o diabo não roube o coração do homem de Deus, não conseguiu remover do ser humano o coração de Deus como fez com Adão e Eva (Dar 3, 1-24). As armas para vencer este CARA (diabo) filho:

  • Leitura e meditação da palavra-chave de Deus para a conversão que nos enche da graça do Espírito Santo.
  • O Santo Rosário para encontrar a Virgem, quem o diabo odeia especialmente.
  • Confissão Sincera no Sacramento da Penitência.
  • A participação na Santa Missa. (Tudo isso é do Papa Francisco). Nesta seção, devemos revisar uma declaração um tanto confusa de uma das videntes Mª Cruz.

C) PRESSIONANDO AS DEMANDAS DESTE LUGAR COM SEU 60 UMAÑOS DA HISTÓRIA:

  1. Silêncio interior que nos ajuda a refletir e a encontrar Jesus Cristo, bendito fruto do ventre de Maria, que sabemos como dominar nossa linguagem para controlar todo o nosso ser (Santi 3, 5-6; 3,2). Seremos responsabilizados por cada palavra ruim. Que a nossa “linguagem” esteja a serviço da verdade e do amor (Mt. 12, 34-36). Somente do silêncio interno e externo podemos receber a força do Espírito Santo, que nos dá luz para discernir os sinais dos tempos, ser vigilante com ousadia e equilíbrio, permanecendo firme na fé.
  2. Não esqueça as duas mensagens da Virgem às meninas e ao mundo, para nós e para todos, não apenas cardeais, bispos e padres… não, não, a todos (18 Outubro 1961 e 18 Junho 1965). E o mais importante é ir à Eucaristia, mas primeiro seja muito bom. As mensagens de Garabandal em toda a sua realidade e seriedade material convidam-nos à CONVERSÃO E À EUCARISTIA. Não vamos esquecer e perder de vista que "Garabandal" é um grito de conversão., mas uma conversão que toca o coração e nos faz dizer as palavras do Salmo 51: "Oh Deus, crie em mim um coração puro, renove-me por dentro com um espírito firme ". Os dois sacramentos de Garabandal, como qualquer aparição admitida na igreja, eles são o sacramento da confissão e o sacramento da Eucaristia. ela, como a mãe quer que sejamos limpos e alimentados. Um sacramento de confissão diferente de uma maquiagem para remover as rugas do coração, mas um sacramento que olha para a nossa alma para encontrar Deus Pai, conosco e com os outros. E o sacramento da Eucaristia, Nós o recebemos como o Pão da Vida e da Eternidade, para transformar nossa vida e tornar nosso mundo mais humano e mais de Deus. Devemos cuidar dos detalhes, mas ir ao fundo do sacramento. Esses sacramentos nos impelem a ser ramos unidos à videira que é Cristo, ajude-nos a ser uma comunidade, Paróquia e Igreja universal. Que não percorramos as diferentes paróquias para encontrar a Eucaristia como refúgio para os nossos caprichos religiosos que nada têm a ver com a seriedade da Eucaristia..
  3. Garabandal nos urge fazer do lugar das "supostas" aparições uma casa de fraternidade, onde nos sentimos irmãos sob o manto da Mãe. Faça deste lugar um Pentecostes constante onde, da fraternidade, oração e Maria recebemos a força do Espírito Santo para sermos testemunhas na palavra e nas obras de Jesus Cristo Ressuscitado, bendito fruto de maria ( Hch. 2, 1-13 ). Que o Espírito Santo nos conceda a graça de ler e reler as Escrituras para tornar a memória ativa, amar e agir nos eventos de Cristo.
  4. Garabandal nos impulsiona fazer do lugar uma escola de oração com um coração nobre e generoso, arrependido e humilhado. Que não é um local para shows e sutis "dimes and tell" que nos impedem de crescer como cristãos e como pessoas.. Que Maria seja a estrela da nova evangelização, para que saibamos ler e viver como Ela a Palavra que nos salva (Jn.2, 5). Maria seja a grande médica que nos ajuda a ler e a viver a verdade do Evangelho, cujo Evangelho devemos levar no bolso da vida, tornando-o a norma de vida deixando de lado os possíveis professores de plantão.
  5. Garabandal nos lança para fazer do lugar uma oficina onde trabalhamos para crescer na fé, esperança e amor (Lc.2, 5). Uma oficina onde trabalhamos para não adulterar a figura de Cristo e a figura de Maria., o Evangelho e nossa Igreja. Não repita as palavras duras de Jesus Cristo quando ele entrou no templo em Jerusalém: "Não transforme a casa de meu Pai em um covil de ladrões" (Banheiro 12, 5-6). Não vamos transformar este lugar em Garabandal em um mercado de cem dólares, mas em um espaço onde a verdade de Maria não se presta à especulação e ideologias, mas é uma LUZ que nos guia para a Eternidade.
  6. Garabandal é uma chamada ser A IGREJA DE CRISTO, não aquele que inventamos como se fosse um bazar de oportunidades. Uma igreja que exige fraternidade de nós, Não podemos celebrar a Eucaristia sob o olhar da Virgem e ser enfrentados para ideias, nós integramos, euros e outros fatores que podem nos deslocar. Uma igreja que afirma pertencer a nós e não procura igrejas de refúgio ou capricho. Quando rejeitamos nossos pastores- servidores, começando com o Santo Padre de plantão, hoje Papa Francisco, estamos desfigurando o rosto de Cristo, de maria, nossa mãe e a igreja. Devemos acolher com amor e oração sincera as fraquezas da nossa mãe a Igreja, entendendo que Cristo é o fruto bendito do vosso ventre Maria.
  7. Garabandal é uma luz de fé, esperança e amor que nos convida a uma esperança paciente. Se dissermos que Garabandal só Deus sabe, por que essa insistência de que a Igreja o aprove, Bem, só nos resta deixar Deus ser Deus e a Virgem ser a Virgem.. Corre-se o perigo de que, por trás desse ofuscamento que a Igreja o aprova, se ocultem outros interesses que respondem a ideologias e bolsos.. Diga que é um torrent, Bem, deixe Deus e a Virgem dominarem essa torrente. E uma pergunta, Por que existem pessoas e grupos que reivindicam e pedem que a igreja oficial aprovar?, (O que está escondido por trás desse desejo?, personalidades, ideologias, conquistar metas, dinheiro, o negócio…). Esta não é a hora de chutar. Podemos dar à luz a Virgem. Nossa Igreja oficial há anos, fala de “supostas aparências” e aquela palavra “não aparece” que se presta a muitas interpretações. Vamos respeitar e ser prudentes.

Se aprovado pela Igreja, Você vai ficar melhor?. Conviértete ahora y no esperes más tiempo.

O objetivo desta longa reflexão é ordenar uma realidade em estudo que clarifique o momento e tranquilize o lugar e os peregrinos.. Que a Virgem continue repetindo aquelas palavras das bodas de Caná: "Faça o que Ele lhe diz" (Banheiro 2, 1-11), que nos llenarán de amor, esperança e verdade nossas vidas.

  1. Como culminação Permito-me convidá-lo a uma reflexão sincera e profunda de uma citação evangélica do Monte. 6, 24-34: "Ninguém pode servir a dois mestres, pois ele desprezará um e amará o outro, ou ele amará um e desprezará o outro. Você não pode servir a Deus e à riqueza ". (Em termos coloquiais, não podemos servir a Deus e ao dinheiro - a Virgem e ao dinheiro). Que esta frase evangélica desperte em nossos corações e em nossos comportamentos neste momento desconcertante. Obrigado pela sua compreensão.

 

 

Com meu carinho e benção. Padre rolando.

Feliz Páscoa de Pentecostes

Feliz Páscoa de Pentecostes 23 Maio 2021

Pentecostes - Coleção - Museu do prado

As palavras do salmo surgem como imperativas 103: "ENVIE SEU ESPÍRITO, SENHOR, E REPUE A FACE DA TERRA ". É urgente que a face desta terra seja iluminada pelo espírito do Ressuscitado, para que o homem e a mulher de hoje não andem nas trevas em uma sociedade que está perdendo rapidamente a luz da fé. É uma das solenidades mais importantes da Igreja Católica ( Hch. 2, 1-11 ). É o alegre começo no tempo e na história da Igreja confiada com aquelas palavras aos apóstolos: “Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja” (Mt.16,13-20). Dia da Ação Católica e Apostolado Secular. Dia e data da igreja missionária para anunciar ao mundo que JESUS ​​CRISTO VIVE: "Vá por todo o mundo e anuncie o Evangelho" ( Mc.16,15-20 ).

Todos os anos nos sentimos sobrecarregados com uma nova realidade pela alegria do Pentecostes, cujas notas são claras e você deve segui-las, ser fiel à nova graça: oração, fraternidade, Eucaristia e Maria. Quando essas notas são dadas em nosso pessoal e em nossas comunidades, então a ação do Espírito Santo começará a ser colocada em prática. É a audácia da fé no Cristo presente que nos impulsiona. Essa audácia se transforma em esperança diante das dificuldades e temores e em caridade por meio das oportunidades de doar aos outros., esquecendo-se de si mesmo.

"Queimado" ainda pelo fogo do Espírito Santo, ouvimos o grito de Paulo de Tarso: "Não extingais o Espírito" (1Sua. 5,19). Porque ainda hoje é verdade, a convicção dos primeiros cristãos: “Onde está o Espírito do Senhor, existe liberdade " (2.Cor 3,17 ). No tempo de hoje, assustado e ameaçado pelo medo de pandemias, a dança e perplexidade das vacinas, a falta de credibilidade dos políticos com seu ataque implacável na maioria dos casos, contra as liberdades, a dignidade da vida em todos os seus campos, a "nova" moral, a família, ensino, a lei de gênero ... querendo implantar um ar comunista que obscurece esta Espanha, esta Europa e este mundo globalizado, eles nos anestesiam e controlam de todas as formas. Você não pode ser verdadeiramente livre e lutar pela liberdade interior, sem cultivar e enriquecer a vida do espírito, em silêncio, no encontro consigo mesmo, reflexão e abertura para Deus. Tornamo-nos mais crentes e mais humanos quando nos abrimos à ação do Espírito, que nos põe em harmonia com nós mesmos e nos leva a viver na verdade e na caridade, e nos abre para uma comunicação alegre com Deus. Que o Espírito Santo desperte nossa fé fraca, pequeno e hesitante, tentando fazer com que Cristo ocupe o centro do nosso coração, de nossas igrejas e o que, nada ou ninguém o suplanta ou obscurece, nem pode confinar. Que o Espírito Santo abra nossos ouvidos para ouvir os chamados dos homens e mulheres de hoje, as perguntas, dificuldade, conflitos e contradições do momento presente. Que o Espírito Santo purifique o coração da sua igreja, de nossa igreja, de modo que reconhecer seus erros sem ficar obcecado, deixe-se purificar pela luz e fogo do Espírito. Que este mesmo Espírito nos dê a força que brota do amor para olhar a vida com realismo e amor, o mundo e, Acima de tudo, as pessoas. Olha o momento, ameaçado de dificuldades mas com tantas esperanças para que o olhemos com os olhos de Deus. Que este Espírito nos estimule a fazer de nós mesmos e conosco uma Igreja missionária, com coração compassivo e esperança contagiante.

Talvez a maior tragédia seja nossa crescente incapacidade de orar., "Distraído por tanto fazer", e esquecendo a única fonte de tornar efetiva a ação do Espírito Santo em nós: ORAÇÃO de SILÊNCIO. Neste tempo de tal angústia, torpor, apatia, medos e perplexidade, a jornada de novos homens e mulheres é urgente, que sejam fiéis à GRAÇA recebida e firmes nas palavras de Jesus: "Não deixe seu coração tremer ou se intimidar"( João 14, 27-31 ). E para que essas testemunhas sejam dadas, Eles têm de dar as características do primeiro Pentecost: “Os apóstolos em oração e com Maria, a mãe de Jesus " (Hch. 2, 1-11).

Nossas comunidades devem ser em cada celebração um pequeno Pentecostes, onde paramos transformado, bravo e corajoso, capaz de encher este mundo tão vazio de Deus com o CRISTO Ressuscitado. Que possamos ir às "praças" de nossas vidas para testificar por palavras e ações que Jesus Cristo vive. Deus não dá afastado a história pré-fabricadas, mas o homem o constrói com a graça de Deus. Novos caminhos se abrem neste momento de crise sem precedentes, marcado pela pandemia e o que está por vir, que gera desordem religiosa, político, social e humano para firmar evangelização, feliz, ousado e corajoso o homem e mulher de hoje. E a abertura dessas estradas precisa de novos cristãos, esperança endurecido, com otimismo e ousadia. Não é hora para arrependimentos, anseios e medos. Este momento do século 21 nos chama a uma renovação pessoal pelo Espírito para sermos sinais de Cristo crucificado e ressuscitado. Deixe o Espírito Santo abrir as portas do nosso Cenáculo, para transformar o nosso mundo a partir da embriaguez espiritual que os primeiros habitantes do Cenáculo tiveram.

Maria, Mãe, nos leva a dizer um SIM perseverante ao Espírito Santo para proclamar que "JESUS ​​CRISTO É A NOSSA ESPERANÇA" ( Col. 1-27 ), ( Hch. 1,14 ). Que a sequência do Pentecostes seja a oração e a meditação desta celebração!!:

1.Venha, Espírito Divino, envie sua luz do céu, Pai amoroso dos pobres; presente em seus esplêndidos presentes; luz que penetra nas almas; fonte de maior conforto.

2.Venha doce convidado da alma, descanse do nosso esforço, trégua no trabalho duro, brisa nas horas de fogo, alegria que enxuga lágrimas e conforta em duelos.

3.Entre no fundo da alma, luz divina e nos enriquecer. Olhe o vazio do homem se você não tem ele por dentro; Veja o poder do pecado quando você não envia sua respiração.

4.Regar a terra durante a seca, Cure o coração doente, lave as manchas, respira o calor da vida no gelo, doma o espírito indomável, Guia aquele que torce o caminho.

5.Distribua seus Sete Presentes de acordo com a fé de seus servos. Por sua bondade e sua graça dê ao esforço o seu mérito; salve aquele que busca salvar a si mesmo e nos dê sua alegria eterna.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pregon Pascual

PÁSCOA DA ALEGRIA E DA ESPERANÇA DO PACIENTE levando-nos ao túmulo vazio com a pedra removida, e nos encoraja a compartilhar em nossa GALILEA que JESUS ​​CRISTO VIVE (03-04-2021)

Queridos irmãos e irmãs:

Mais um ano celebramos o centro da nossa fé e o fundamento da nossa esperança: A RESSURAÇÃO DE JESUS ​​CRISTO. O momento é urgente e a escuridão do tempo é dolorosa: pandemia, vacina, cinismo político e corrupção, O comunismo se infiltra em nossa sociedade como um plano de ataque aos grandes valores da dignidade e da liberdade de cada pessoa. O momento atual é como o guarda-chuva do medo que nos paralisa para sair dele e viver nossas liberdades e nossos direitos adormecidos. Nosso pai, o mundo político, Ele nos anestesia e nos entorpece para mudar nossas maneiras de ser, pensar e sentir pela vida.

Por isso, é urgente celebrar a PÁSCOA como um momento de alegria para reavivar a dignidade da fé. (Lc 1,45; Mt 15,28). Consolide a firmeza da esperança (Jn 14, 1-4) quando se acredita que tudo está perdido, esquecendo que Ele caminha conosco diante das dúvidas e incertezas como fez com os discípulos de Emaús (Lc 24,13-25). A Páscoa é um apelo à urgência do amor (Jn 13,34-35) em um mundo globalizado onde cada um caminha sozinho com um olhar indiferente diante do irmão perdido à beira da estrada (Lc 10,25-37). É hora de reafirmar em novidade constante a verdade de Deus e a verdade do homem. A verdade de Deus é Jesus Cristo (Jn 3, 16-19), ea verdade sobre o homem é Jesus Cristo (Hb 4,15), é hora de experimentar a plenitude do amor de Deus em Jesus Cristo e a dignidade do homem por meio de Jesus Cristo. Cada Páscoa é um impulso e uma urgência para olhar para o futuro com esperança e a razão para isso. (1 em 3,15), cuja esperança gera uma nova forma de estar na vida e enfrentar com otimismo o desafio urgente do nosso tempo, aprumo, ousadia e coragem dentro da casa da misericórdia. Esta esperança tem um nome: JESUS ​​CRISTO e se baseia em um fato que revoluciona e transforma a história dos tempos: SUA RESSURREIÇÃO (1Tim 1,1). Cada Páscoa deve ser um “hoje” que reacenda e incentive o seguimento, Ilusão, fraternidade e perseverança, para quebrar assim medos, tensões e decepções que podem paralisar nossa marcha diante do encontro com o Ressuscitado.

Aterrada e enraizado em Jesus Cristo (Col 2,6) dar razão da nossa esperança (1em: 3,15), no meio deste torpor sociedade, confuso e enfraquecido nos grandes valores, tão necessário que seja de esperança diante do medo, confuso e anestesiado pela realidade política, social, humano e às vezes religioso. Nosso rótulo cristão IRÁ BRILHAR pela maneira como encaramos a vida a partir de uma esperança forte e paciente em Cristo. Esta esperança cristã se constrói dia a dia "enraizando" a vida no Ressuscitado.. Esse é o seu verdadeiro segredo.

Que a Virgem Maria, Mãe (Jn 19, 26-27), Mulher da Encarnação (Lc 2,5), mulher eucarística (Mt 26, 26-27), Cruz mulher (Jn 19,25), Mulheres de Esperança e da Igreja (Hch 1, 13-14), ação nossa páscoa 2021, e um dia de Páscoa sem data, e nos ensina a simplesmente reler o Evangelho de Jesus Cristo, seu filho, e traduzi-lo em vida com todas as suas consequências revolucionárias e comprometidas, manifestada no espírito radical das Bem-aventuranças. Que ela, dom pascal ao mundo e à igreja, nos encoraja a renovar nossa interioridade dia a dia (2 Cor 4,16). Que ela, A Rainha e a Mãe da Misericórdia exortam seus filhos a andarem como homens e mulheres livres de todo medo e anestesia política e social e do coração de samaritano diante de tantas histórias no caminho da vida e da cobiça. Na escuridão deste momento, tomemos o Santo Rosário como o único e eficaz antídoto para o vírus em suas diferentes facetas e digamos, deixe-nos sentir e viver as palavras sempre abençoadas e esperançosas: “E depois deste exílio mostra-nos Jesus, o fruto bendito do teu ventre”.

Um abraço e oração P. Rolando

Semana Santa 2021

Respeitaremos os regulamentos sanitários: Géis, capacidade, máscaras e tudo mais.—————————————————–

Semana Santa 2021

Paróquia San Sebastián de Garabandal

Todos os anos, uma esperança precoce e assustadora nos guia para o túmulo, e embora as questões e obscuridades do momento: Pandemia, vacinas, confusão de uma política corrupta, onde a sinceridade e a lealdade são evidentes por sua ausência. Neste mar de águas turbulentas e violentas tempestades, precisamos viver a grande semana da Igreja, para reacender com novo impulso a luz pascal antes das trevas do momento. Nenhum obstáculo pode nos questionar como executar a pedra da entrada, se compramos todos os aromas de acompanhamento, de bravura, de ilusão, de fraternidade e perseverança, então encontraremos a pedra removida, sem que as trevas deste mundo impeçam a entrada livre ao túmulo para poder ouvir e experimentar "hoje" as mesmas palavras daquelas mulheres de fé. E dessa experiência pascal sentiremos o mandato de anunciá-la aos nossos irmãos, convencidos de que na Galiléia do mundo sofredor o Ressuscitado se torna visível.. Cada Páscoa é um desafio para dar uma razão de nossa esperança a este mundo permeado por circunstâncias desoladoras e perturbadoras. (1P 3-15) esta esperança tem um nome: Jesus Cristo e é baseado em um fato: seu paciente e encorajador Páscoa RESSURACÃO 2021. P. Rolando

Domingo de Ramos 28/03/2021

Seguir a Cristo implica uma fidelidade perseverante à sua pessoa, ao seu Evangelho e à sua Igreja sob o olhar de Maria, sua Mãe e nossa Mãe. Quem quiser vir comigo ……… carregue sua cruz e me siga (Mc 8, 34-9,1).

semana histórico e grande começa com um convite a seguir Jesus Cristo, com dignidade, lucidez, postura e coragem em meio a tantos obstáculos, em um momento tão cheio de esperança urgente em face de uma escuridão pandêmica que cobre nossas vidas com medo e incerteza, e ameaçado com dificuldades vacilantes em face da aprovação de uma política comunista que ameaça as liberdades e dignidades de todos os tipos. O Domingo de Ramos nos desafia a despertar nossa firme responsabilidade e corajoso compromisso como crentes ( Mt 16,24).

CALENDÁRIO DE CELEBRAÇÕES —————————————————-

Domingo de Ramos 28/03/2021 13:00 horas: Bênção dos Ramos e Santa Misa.

feira de Páscoa 29/03/2021 10:00 horas: Celebração da Santa Missa. 11:00 horas: Celebração do sacramento da reconciliação.

Terça-feira santa 30/03/2021 10:00 horas: Celebração da Santa Missa.

Quarta-feira Santa 31/03/2021 19:30 horas: Massa.

Quinta-feira Santa 01/04//2021

18:00 horas: Missa da Ceia do Senhor.

A Eucaristia é um alegre sacramento da fé, de esperança firme e amor compartilhado urgente. Não podemos compartilhar Cristo fome ignorando, a injustiça, violência e a dignidade do ser humano, Não podemos olhar para o outro lado diante de tantos Lazars que rondam nossas mesas em busca de suas migalhas (Mt 25, 35-40), (Lc 16, 19-31). Este sacramento da Eucaristia pede o sacramento da confissão não como maquilhagem de consciência mas como conversão do coração e convida-nos a vivê-lo e senti-lo com uma fé profunda..

Mãe da Eucaristia, seu Sim gerou o Pão da Vida e da Eternidade. Pedimos a você que viva em Eucaristia permanente para transformar nossa vida e tornar nosso mundo mais humano e mais de Deus. Que possamos receber o Pão Eucarístico, fundação do novo homem e humanidade. Que possamos receber o Fruto Bendito do seu ventre com um coração limpo, para a conversão no sacramento da confissão. Que possamos alimentar nossas vidas com este Pão que nos dá lucidez, coragem e equilíbrio para as alegrias e dificuldades de todos os tempos. 20:00 horas: Oração Pessoal da Hora Santa

Sexta-feira Santa 02/04//2021 12:00 horas: Solenes Via Crucis. 18:00 horas: Celebração da Paixão do Senhor.

A Cruz de Cristo é a canção para a vida e esperança. É uma chamada ao coração de uma humanidade que esqueceu a grande marca de sua história. A cruz não atrapalha e o crucificado é a nossa única esperança. A Cruz é a grande cadeira para a humanidade e a força para sustentar a marcha dos caminhantes neste mundo: "Olhe para a árvore da Cruz". É um dia de silêncio interior a olhar com fé e gratidão a Cruz gloriosa do Senhor. É o maior livro do amor: "Ao morrer, ele destruiu nossa morte e ressuscitando ele restaurou a vida". A cruz é um sinal de vida (Jn 19,34) e um sinal de vida eterna (Lc 23,43). Tarde de silêncio e adoração ao Crucificado. Na cruz, como diz Santa Teresa de Jesus, há vida e consolo e só ela é o caminho para o céu.. Solene da vontade divina (Lc 22,42). La Cruz é um livro de eloquência muda. Papa Francisco nos diz: "De la Cruz brota Misericórdia do Pai que abraça o mundo inteiro". Junto a esta Cruz sentimos a força materna de Maria como a grande Cirenaica que nos ajuda neste vale de lágrimas..

sábado Santo 03/04/2021 A esperança gera uma forma de estar na vida. 12:00 horas: solene oração do Santo Rosário da Virgem. 20:00 horas: Solene Vigília Pascal.

Os pedidos de oração A Ressurreição de Jesus Cristo é o centro da nossa fé e o fundamento da nossa esperança. Com a ressurreição de Cristo começa, deixou de ser um novo dia, mas uma nova era, o primeiro dia da nova criação. Este anúncio é para nós a maior alegria, porque Cristo vive e está conosco. É a maior esperança, porque antecipa o resultado desejado, vida eterna. A maioria santificação porque morremos para o pecado e viver escravidão da vida de Jesus. E o maior compromisso, porque precisamos testemunhar corajosamente, aprumo, alegria e coragem do Cristo ressuscitado, Seu Evangelho e Sua Igreja. O Círio Pascual, símbolo de Cristo ressuscitado, dissipar nossa escuridão como nós caminhamos através da Galiléia deste mundo e iluminar o nosso caminho de esperança.

Domingo De Páscoa, 04/04/2021 06:00 horas: Aurora rosário pessoal. 13:00 horas: Eucaristia de Páscoa.

HOuvimos as palavras encorajadoras do Anjo àquelas mulheres corajosas e determinadas: "Vocês dois não temo, Eu sei que buscais a Jesus, Crucificado. Não está aqui. Ele ressuscitou como ele disse ". Maria, nossa Mãe, pacientemente nos ajudar a seguir o nosso caminho. Uma forma única e original, com suas alegrias e tristezas, suas realizações e fracassos, seus bons ou seus maus momentos. Em que pé, crentes sabem que não estamos sozinhos. O Ressuscitado nos acompanha. Sua presença nos sustenta, Suas palavras nos encher de novo fôlego: "Eu estarei com você todos os dias até o fim do mundo".

 

 

Quaresma de 2021″Quaresma chama sua vida com urgência”

Queridos irmãos e irmãs:
Mais uma vez, na Quaresma este ano 2021 ouviremos na Igreja a voz que nos convidará à conversão. Como Jesus, ela proclamou: “O Reino de Deus está próximo, converter e acreditar no Evangelho " (Mc. 1,15). Para se tornar significa, em efeito, fundamentalmente voltar-se para Deus na fé e na caridade. Significa também fazer do amor a norma central da vida cristã e de nossas relações com os homens e mulheres de hoje, nossos irmãos. A conversão cristã não se reduz a uma mudança de atitudes ou a uma reforma de nossos costumes e comportamentos, a uma maquiagem carnaval-religiosa, mas a uma revisão séria e alegre para nos questionar sobre nossa adesão a Cristo, seu Evangelho e à sua Igreja.
A Quaresma começa quando as pessoas abrem nossos corações para Deus, Acreditamos na salvação que nos é oferecida e permitimos que sua graça configure toda a nossa vida pessoal e comunitária.. Podemos ter como pano de fundo neste período da Quaresma as palavras do profeta Joel: "Rasgue corações e não roupas" (Jl. 2, 12-18). A conversão não é um pequeno "remendo" (Mc. 2, 21), mas uma linha que cruza e fere os interesses que nos orientam e aponta para uma revisão concreta da nossa vida, a um confronto da minha vida com o Evangelho de Jesus Cristo. Tempo litúrgico para olhar nossa “alma” e nos encontrar:
1. Para deus eu vivo , Cristo, como pai e amigo, que sai todos os dias para me conhecer, me envolve com seus braços, não pergunte sobre o meu passado, ele não quer minha humilhação, me dê um terno novo e algumas sandálias novas, manda colocar outro talheres na mesa da família e simplesmente diz: "Vamos celebrar um banquete de festa" (Lc. 15, 11-24 ). Ele se preocupa mais com meu futuro do que com meus pecados de ontem, sempre olhe para frente e nunca para trás. Confessar o seu pecado a alguém que o ama não é vergonhoso ou humilhante, mas fonte de nova liberdade. Ele nos busca como Pai e Criador pelo nosso próprio nome para que possamos sair de nossa nudez e encontrar a verdade de Seu grande amor. (Gn. 3, 8-10).
2. Com outros não como estranhos e distantes, mas próximos e companheiros de tempo e história, filhos do mesmo Deus e irmãos de direito. Encontrar os outros implica viver o diálogo profundo do amor, é sentir o outro na mesa da minha vida e torná-lo membro da “minha casa”.
3. Está me encontrando, que talvez às vezes fico um pouco confuso com a necessidade de saber novamente quem eu sou e para onde estou indo. Que o Senhor me reconcilie comigo mesmo. Que sua ternura restaure minha confiança em mim mesmo e me faça existir aos meus próprios olhos. Eu não consigo encontrar e amar os outros, se eu nem me encontrar e me amar. Que o Senhor me ajude a aceitar minha pobreza, minhas limitações e, porém, chamado para sempre me melhorar. Que este tempo me impulsione sob a luz do olhar de Deus, o impulso de Seu Espírito e a força de sua Palavra para voltar à estrada com gratidão por ontem, com paixão pelo presente e com confiança pelo futuro. A conversão é inseparável da penitência e do sofrimento espiritual, experimentado por alguém que conhece seu próprio pecado. Diante dos novos desafios que surgiram no horizonte de nossa história devido a uma palavra chamada coronavírus, Deus e o homem têm que se encontrar para percorrer juntos o caminho do nosso tempo. Maria, a mãe do senhor, quem soube acreditar e esperar, apesar das perguntas que surgiram em seu coração (Lc. 1, 26-38). Pode ser, nestes tempos difíceis para a fé, nosso melhor modelo e guia para ouvir a Palavra de Deus e acolhê-la em nossos corações sob o impulso do Espírito Santo.

Com o meu carinho e bênção, seu padre Rolando